Site Autáquico - Câmara Municipal de ourique

Território e População

O concelho de Ourique, com os seus 660 km2, situa-se na confluência da região alentejana com o Algarve (confina com o concelho e a serra de Monchique), integrando administrativamente o distrito de Beja e a NUT3 do Baixo Alentejo.

Agregando duas freguesias e duas uniões de freguesias (Ourique, Santana da Serra, União de Freguesias de Garvão e Santa Luzia, e a União de Freguesias de Panóias e Conceição), soma uma população residente de 5389 habitantes, de acordo com os resultados definitivos dos Censos 2011.

Ourique confina a Norte com o concelho de Aljustrel e Santiago do Cacém; a Leste com Castro Verde e Almodôvar; a Oeste com Odemira; e a Sul com o concelho algarvio de Silves.

O território de Ourique, em termos geomorfológicos, faz a transição entre a peneplanície – dominante a Norte e na maior parte do espaço geográfico do concelho – e a serra de Monchique, na sua área Sul, numa passagem das planuras secas para uma orografia mais vigorosa, de maior altimetria média, e com um óbvio aumento do regime pluvial.
 
Em termos climáticos, a região apresenta duas estações anuais bem definidas (Inverno, frio e pouco chuvoso, e Verão, muito quente e seco, com temperaturas que ultrapassam com frequência os 40° C), podendo ser designada como de regime mediterrânico. A pluviosidade é baixa, com regimes de precipitação irregulares, com grandes variações de ano para ano.

A rede hidrográfica é marcada pelas bacias dos rios Sado e do Mira, rio que cruza longitudinalmente o concelho na sua parte mais estreita, nas proximidades de Fernão Vaz/Castro da Cola. A barragem do Monte da Rocha e parte significativa do regolfo da barragem de Santa. Clara são duas fontes hídricas importantes que marcam e caracterizam a paisagem e as actividades humanas na região.

Em termos de cobertura vegetal, predomina a estepe cerealífera, montado e, na área Sul do concelho, a de relevo mais movimentado dada a aproximação e integração na serra, afirma-se o coberto de características mediterrânicas e o pinhal.

A planície estepária é caracteristicamente desarborizada, mas concentra uma diversidade avifaunísticas muito importante e única. 

Multimédia

CONTACTOS